VIDA E OBRA

RUTH GUIMARÃES:

Ruth Guimarães Botelho nasceu em Cachoeira Paulista, no dia 13 de junho de 1920, em sítio do avô materno, o português José Botelho, guarda-chaves da Estrada de Ferro Central do Brasil, na rua do Aterro, atual Carlos Pinto, entre as barrancas do rio Paraíba e os trilhos da estrada de ferro. Aos dez anos de idade, publicou seus primeiros versos nos jornais locais “A Região” e “A Notícia”.

ruth guimaraes2 Instituto Ruth Guimarães VIDA E OBRA

Ruth Guimarães e Guimarâes Rosa

tuth guimaraes e ruth de souza Instituto Ruth Guimarães VIDA E OBRA

Ruth de Souza e Ruth Guimarães

Frequentou a Escola de Arte Dramática, de Alfredo Mesquita, estudando Dramaturgia e Crítica. Foi aluna e discípula de Mário de Andrade, que a iniciou nos estudos de folclore e literatura popular. Trabalhou para diversas editoras como revisora e tradutora. Escreveu crônicas, artigos e crítica literária para jornais e revistas de São Paulo, Rio de Janeiro e Lisboa: Correio Paulistano, A Gazeta, Diário de São Paulo, Folha da Manhã, publicando contos no Suplemento Literário do jornal O Estado de São Paulo e crônicas semanais para o jornal Folha de São Paulo.

Foi repórter das revistas Noite Ilustrada, Carioca, Globo, Semana Ilustrada, Senhora, Quatro Rodas, Realidade, Atualidades Literárias e Revista Lusitana (Portugal). Em 1946, lançou pela Editora da Livraria Globo seu primeiro livro, Água Funda, romance que retrata o universo rural e caipira do Vale do Paraíba paulista e mineiro, nas vertentes da serra da Mantiqueira, sucesso de público e crítica. Um dos primeiros críticos a lhe dar atenção foi Antonio Cândido, seu amigo até hoje e autor do prefácio da reedição lançada pela Editora Nova Fronteira em 2004. No lançamento de Água Funda, estiveram presentes personalidades como Amadeu de Queiroz, Guimarães Rosa e Lygia Fagundes Telles.

BIBLIOGRAFIA

LIVROS

Água Funda. Porto Alegre, Edição da Livraria do Globo, 1946;

Filhos do Medo. Porto Alegre, Editora Globo, 1950;

Mulheres Célebres. São Paulo, Editora Cultrix, 1960;

As Mães na Lenda e na História. São Paulo, Editora Cultrix, 1960;

Líderes Religiosos. São Paulo, Editora Cultrix, 1961;

Lendas e Fábulas do Brasil. São Paulo, Editora Cultrix, 1972;

Dicionário da Mitologia Grega. São Paulo, Editora Cultrix, 1972;

O Mundo Caboclo de Valdomiro Silveira. Rio de Janeiro, Livraria José Olympio Editora/Secretaria de Cultura, Esportes e Turismo do Estado de São Paulo/Instituto Nacional do Livro, 1974;

Grandes Enigmas da História. São Paulo, Editora Cultrix, 1975;

Medicina Mágica: As simpatias. São Paulo, Global Editora, 1986;

Lendas e Fábulas do Brasil. São Paulo, Círculo do Livro, 1989;

Crônicas Valeparaibanas. São Paulo, Centro Educacional Objetivo/Fundação Nacional do Tropeirismo, 1992;

Contos de Cidadezinha. Lorena, Centro Cultural Teresa D’Ávila, 1996;

Vestuário. São Paulo, Donato Editora Ltda., Volume, s.d.;

Esta é a segunda carta que lhe escrevo”, in “Cartas a Mário de Andrade”. Organização Fábio Lucas, Rio de Janeiro, Editora Nova Fronteira, 1993;

Água Funda. 2ªedição, com prefácio de Antonio Candido, São Paulo, Editora Nova Fronteira, 2004;

Calidoscópio - A Saga de Pedro Malazarte. São José dos Campos, JAC Editora, 2006.

TEATRO

A Pensão de Dona Branca

Romaria

TRADUÇÕES

Histórias Fascinantes, de Honoré de Balzac: seleção, tradução e prefácio - São Paulo, Editora Cultrix,1960;

Os Mais Brilhantes Contos de Dostoievski, de Feodor Mikhailovitch: introdução, seleção e tradução. Rio de Janeiro, Edições de Ouro, 1966;

Contos de Dostoievski: introdução, seleção e tradução. São Paulo, Editora Cultrix, 1985;

Contos de Alphonse Daudet: seleção e prefácio. Tradução: Ruth Guimarães e

Rolando Roque da Silva. São Paulo, Editora Cultrix, 1986;

Contos de Balzac: seleção, tradução e prefácio. São Paulo, Editora Cultrix, 1986;

Os Melhores Contos de Alphonse Daudet: seleção e prefácio. Tradução:Ruth

Guimarães e Rolando Roque da Silva. São Paulo, Círculo do Livro, 1987;

Os Melhores Contos de F. Dostoievski: tradução, seleção e introdução. São Paulo,  Círculo do Livro, 1987;

Os Melhores Contos de Balzac: seleção, tradução e prefácio. São Paulo, Círculo do

Livro,1988;

A Mulher Abandonada e outros contos de Balzac: seleção, tradução e prefácio.  Rio de Janeiro, Ediouro, 1992;

Histórias Dramáticas, de F. Dostoievski: seleção tradução e prefácio sem

Identificação bibliográfica;

O Asno de Ouro, de Apuleio. Edições Ouro, s.d.;

A Dama das Camélias, de Alexandre Dumas Filho, idem;

A Corrente, de Claras Cartas, do italiano. São Paulo, Editora Saraiva, s.d.